Logo Junker Group

Assistente de produto

x
Drücken Sie Enter zum Suchen oder ESC zum Schließen

Solicitar informações do produto sobre:

Inquérito

Inquérito

Máquinas de referência para a produção mundial

O Grupo Renault conta com máquinas JUNKER para projeto híbrido

Nos últimos dois anos, o Grupo Renault encomendou 45 retificadoras JUNKER e está usando uma grande parte delas na França, p. ex. no projeto híbrido pioneiro (Locobox) ou na fabricação de protótipos. Nesse contexto, a Renault reconheceu que a JUNKER é o parceiro certo para cumprir as exigências essenciais da Renault. Com esse grande projeto nasceu uma parceria forte e de longo prazo.

Graças a discussão internacional sobre acionamentos e ao aumento significativo dos números de vendas, o projeto híbrido Locobox da Renault está ganhando uma importância crescente. O cerne desse projeto é uma transmissão híbrida que combina motor de combustão e transmissão elétrica de modo inteligente e deverá ser aplicada na maioria dos modelos de automóveis do Grupo Renault. A Renault classifica esse conceito como especialmente eficiente, pois é possível operar ambas as transmissões em simultâneo e aplicar sistemas de recuperação.

No desenvolvimento e na produção da transmissão híbrida estão envolvidas as fábricas da Renault Cléon nos arredores de Rouen e STA na região de Lille. Aqui são utilizadasas retificadoras cilíndricas QUICKPOINT 3000 e JUMAT 3000. A QUICKPOINT e a JUMAT estão em uma linha para eixos de transmissão, e as mesmas são alimentadas com um carregador externo, interligado para toda linha como padrão Renault e, nesse projeto, retificam três tipos diferentes de eixos de transmissão híbridos.

Tempos de ciclo e de set-up curtos

As especificações em termos de tempos de ciclo e de set-up são altas. Olivier Gantier, gerente técnico para a área de retificação: "A produção fornece grandes volumes de peças com uma quantidade reduzida de operadores de máquinas. Um homem controla 10 máquinas. Por isso, tem que ser possível uma conversão das máquinas no menor tempo possível. Por exemplo, uma troca manual dos rebolos de retificação está fora de questão."

As máquinas JUNKER cumprem essas altas exigências. Olivier Gantier: "As máquinas possibilitam tempos de ciclo e de set-up curtos. A qualidade e a precisão estão no ponto certo, o nível de exatidão é muito elevado. Além do mais, elas oferecem conceitos flexíveis, conseguimos retificar até três peças diferentes sem set-up." Com estas características de qualidade, a JUNKER convenceu a Renault. Entre os critérios de decisão também estiveram a vasta experiência, os prazos de entrega confiáveis e o bom suporte técnico.

Contatos que conhecem a mentalidade francesa

Como global player, a JUNKER disponibiliza para os seus clientes pessoas de contato que falam o idioma do seu país, o que, para Olivier Gantier, constitui uma garantia adicional para uma cooperação efetiva: "Para mim isso é muito importante. O Grupo Renault tem seus próprios padrões e especificações. A comunicação precisa funcionar com toda a clareza e isso é mais fácil no idioma do país."

Fabricação de protótipos para o Grupo Renault

A fabricação de protótipos acontece na fábrica principal francesa de Cléon. Aqui, a Renault decidiu utilizar a ZEMA NUMERIKA G 1500 Plus e a JUCRANK 6S 10-10. Essas duas máquinas fornecem dados de referência para a produção em série ao nível internacional. Os resultados constituem assim a base para a produção global em outras unidades do Grupo Renault. O que as máquinas de referência da JUNKER conseguem fazer é, portanto, a referência para uma fabricação eficiente em todo o grupo. A retificadora cilíndrica ZEMA NUMERIKA retifica flanges e espigas dos virabrequins com apenas uma fixação com rebolos convencionais. A retificadora não cilíndrica JUCRANK usina em uma única operação os mancais principais e moentes com rebolos de retificação CBN.

Olivier Gantier: "A ZEMA NUMERIKA completa o portfólio de produtos da JUNKER na perfeição. A JUNKER retifica com CBN, a ZEMA com rebolos convencionais. A JUNKER consegue fornecer máquinas para todos os processos de retificação."

Máquinas flexíveis permitem alterações rápidas

A flexibilidade das máquinas faz parte das exigências centrais na Renault. Por exemplo, no desenvolvimento de protótipos, como explica Olivier Gantier: "Na produção em série, as geometrias das peças ainda não estão definidas com precisão, isso vai se desenvolvendo e nós precisamos conseguir reagir com as máquinas."

As máquinas JUNKER se adequam a um amplo espectro de aplicações graças a sua elevada flexibilidade e a uma rápida implantação das alterações. Isso é importante para o gerente técnico: "Os atuais projetos para motores de 3 e 4 cilindros devem poder ser processados exatamente como os projetos da Renault que surgirão no futuro". Maxime Piquel, operador de máquinas sênior com 16 anos de experiência, valoriza as máquinas JUNKER.

"Tenho tido realmente boas experiências com as máquinas. Elas são fáceis de operar e se adaptam rapidamente em caso de alterações nos produtos. Isso facilita imensamente o meu trabalho."

Prontidão operacional rápida e duradoura

Uma vez que, na Renault, as máquinas trabalham 24 horas por dia, as exigências em termos de assistência técnica e segurança da produção são elevadas. A JUNKER oferece assistência técnica Premium 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além disso, em caso de uma reparação ou de um pedido de serviço, graças a um depósito de peças de reposição central, todas as máquinas voltam a entrar em operação com toda a rapidez.

"Temos tido muito boas experiências com a assistência técnica JUNKER", atesta Maxime Piquel, o operador na máquina. "As equipes estão disponíveis de imediato para procurar soluções. Todos os técnicos são altamente competentes e conseguem ajudar rapidamente. Essa prontidão operacional contínua e a reação rápida são elementos que nem todos os fabricantes de máquinas conseguem oferecer. Isso é especial na JUNKER ."

Líder de mercado internacional fornece suporte global

"Estamos muito satisfeitos. O comissionamento das máquinas funciona bem", afirma Olivier Gantier. O Grupo Renault já se beneficia em outras unidades globais como no Brasil, na Rússia e em Portugal. O projeto híbrido Locobox é uma prova de que o Grupo Renault está bastante satisfeito com o pacote global do Grupo JUNKER.

O Grupo Renault no Grupo JUNKER em Nordrach

Teste de aceitação preliminar da máquina bem-sucedido na Erwin Junker Maschinenfabrik GmbH em Nordrach.

Eixo de transmissão híbrido apertado na JUNKER QUICKPOINT

A máquina JUNKER QUICKPOINT com sistemas de carregamento adaptados as necessidades específicas do cliente.

[Translate to Portugiesisch (Brasilien):] JUNKER QUICKPOINT Hybrid-Getriebewelle

[Translate to Portugiesisch (Brasilien):] Kurze Wechsel- und Rüstzeiten, einfachste Montage und optimale Zentrierung der Hybrid-Getriebewelle in der QUICKPOINT.

[Translate to Portugiesisch (Brasilien):]

[Translate to Portugiesisch (Brasilien):]